Pacientes na tribulação…

abusos litúrgicos 1

“Pastores, em grande número, destruíram minha vinha e pisaram minhas terras, transformando em horrível deserto minha encantadora propriedade. Tornaram-na uma solidão e apresentaram-na enlutada e devastada” (Is XII, 10-11).

Homenagem dos comunistas ateus a Paulo VI

Homenagem dos comunistas ateus a Paulo VI

No entanto o meu povo me esqueceu! Incensam ídolos quiméricos que o fazem tropeçar pelo caminho, o caminho de outrora, conduzindo-o por veredas tortuosas de caminhos não trilhados” (Is XVIII, 15).

Entronização de Buda num Sacrário, dentro de uma das igrejas de Assis, na Itália

Entronização de Buda num Sacrário, dentro de uma das igrejas de Assis, na Itália

“Até o profeta e o sacerdote perambulam sem rumo pela terra” (Is XIV, 18).

Missa-Afro ou despacho?

Missa-Afro ou despacho?

“Ai dos pastores que deixam perder-se e dispersar-se o rebanho da minha pastagem! (…) Por isso fala assim o Senhor, Deus de Israel: (…) desencaminharam meu povo (…) encorajaram os maus para que nenhum se converta da maldade” (Jer XXIII, 1-2 e 13-14).

João Paulo II beijando o Alcorão dos muçulmanos

João Paulo II beijando o Alcorão dos muçulmanos

“E no templo colocaram seus ídolos abomináveis e conspurcaram o lugar em que meu nome é evocado” (Jer XXXII, 34).

o papa Francisco, quando cardeal. De joelhos para receber a benção dos pastores protestantes

o papa Francisco, quando cardeal. De joelhos para receber a benção dos pastores protestantes

As fotos acima, confrontadas com o título, são uma exortação a todos nós, católicos, a sofrermos com paciência, afinal de contas não somos maiores que Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo… Se Ele que não tinha culpa sofreu, quem somos nós para rejeitar este cálice?

Sede alegres na Esperança, pacientes na tribulação e perseverantes na oração” (Rm XII, 12)

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Pacientes na tribulação…

  1. Renan disse:

    Sobre essa questão de muitos católicos deixarem a Igreja, há uma outra: o desejo do modernista homem é que o S Evangelho de adapte aos tempos, conforme as ideologias, adapte-se ao relativismo individual – Cristo servir o homem, não o inverso – ou então entrar para uma das paroquias de comunistas padres, temos varias edições por aí, como o da TL, onde o relativismo é o carro-chefe.
    Outra que não pode ficar de lado é que as seitas tradicionais protestantes estão perdendo grande parte de seus “fieis” para as pentecostalistas, que, apesar de funcionarem iguais a terreiros, até com baixa de entidades, dizem que é o “Espírito Santo”, e apresentam o que o modernismo muito aprecia: emotivismo, gritaria, o tal funk religioso.
    O RCC e protestantismo são idem; a RCC é a porta de saída para as relativistas seitas; outra porcaria!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s