O que se deve praticar para ser um bom cristão

O bom cristão deve ser homem de oração e de ação.                 

1º – Pertencer a alguma associação piedosa.

Os maus se reunem para praticar o mal, de um modo mais eficaz; com maior razão, os bons devem associar-se para fazer o bem.

É muito conveniente pertencer a uma ou mais associações piedosas, tais como o Apostolado da Oração, a Confraria do Santíssimo Sacramento, a Conferência Vicentina; a Pia União dos Cooperadores Salesianos, a Arquiconfraria de Nossa Senhora Auxiliadora, etc.

Dificilmente se encontrará um cristão fervoroso que não pertença a alguma Associação piedosa.

Na hora da morte vale mais o título de Sócio do Apostolado da Oração, do Santíssimo Rosário, etc., do que o título de Conde, Marquês e mesmo o de rei ou Imperador.

(Congregação Mariana)

PS: A maioria das associações piedosas foi destruida depois do Concílio Vaticano II; das que aí estão, quase todas foram desvirtuadas de seus objetivos primeiros; outras guardam alguma ar mais conservador, tanto no que se refere ao exterior como a práticas, mas infelizmente praticamente inexistentes são as autênticas associações piedosas que guardam em tudo o espírito de quem as fundou. Existem. Mas assim como os bons colégios católicos, as boas universidades, os bons conventos e mosteiros, são extremamente difíceis de serem encontrados…

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s