As oito bemaventuranças evangélicas

Bemaventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino do céu.

Bemaventurados os mansos, porque eles possuirão a terra.

Bemaventurados os que choram, porque eles serão consolados.

Bemaventurados os que têm fome e sêde de justiça, porque eles serão fartos.

Bemaventurados os que usam de misericórdia, porque eles alcançarão misericórdia.

Bemaventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus N. Senhor.

Bemaventurados os pacíficos, porque eles serão chamados filhos de Deus.

Bemaventurados os que padecem perseguição por amor da justiça, porque deles é o reino dos céus.

Nosso Senhor Jesus Cristo, no Sermão da Montanha, além das Bemaventuranças disse também estas terríveis palavras:

Ai de vós, ricos, que tendes vossa consolação cá na terra!

Ai de vós, que estais fartos, porque tereis fome!

Ai de vós, que rides, porque depois chorareis!

Jesus Cristo nos propôs as Bemaventuranças, para que detestemos as máximas do mundo e para nos convidar a amar e praticar as máximas do Evangelho.

Fra Angélico - Sermão da Montanha

O mundo chama bemaventurados os que possuem riquezas e honras, que vivem alegremente, e que não tem ocasião de sofrer.

O desejo de satisfazer as paixões desordenadas é o que leva os homens para o inferno.

As riquezas são o meio mais próprio para a satisfação de todas as paixões. Por isso Jesus Cristo chamou bemaventurados os pobres de espírito.

Os pobres de espírito, segundo o Evangelho, são os que têm o coração desapegado das riquezas; os que, si as possuem, fazem delas bom uso; não as procuram, se não as tem, e, si forem delas privados, ficam plenamente resignados.

Pode-se ser pobre de espírito e possuir muitas riquezas; e pode-se também, não possuir nada, e não ser pobre de espírito.

Os mansos que possuirão a terra são os que tratam com brandura o próximo, sofrem com paciência seus defeitos e suportam sem queixas e sentimentos de vingança, as injúrias que deles recebem.

Os que choram, e contudo se chamam bemaventurados, são os que se afligem pelos pecados cometidos, pelos graves males e escândalos que vêem no mundo, e pelo perigo em que se acham de perder o céu.

Os que têm fome e sede de jusitça são os que desejam adiantar-se sempre mais nos exercícios das boas obras e das virtudes e na posse da graça de Deus.

Continua…

 

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s