Dignidade do Sacerdote e o respeito que merece

Grande é a dignidade do Sacerdote Católico, pois tem por missão a continuação da obra de Jesus Cristo na terra.

O Sacerdote é o representante de Jesus Cristo na terra; portanto, a ele se deve o máximo respeito.

Quem deve ter maior respeito ao Sacerdote, é o mesmo Sacerdote, não fazendo cousa alguma que desdoure tão grande dignidade.

Dizia Jesus aos Apóstolos e na pessoa deles a todos os Sacerdotes:

Vós sois o sal da terra e a luz do mundo etc“.

Todos os homens devem ver no Sacerdote não um simples homem como os demais; mas, o representante de Jesus Cristo, e respeitá-lo como tal.

Há Sacerdotes indignos, é verdade; também, entre os doze Apóstolos houve um Judas; logo, não se deve estranhar, se entre tantos milhares de Sacerdotes haja quem imite o Apóstolo traidor.

Os Anjos pecaram no céu; Adão e Eva no Paraíso Terrestre; também, pode acontecer que algum sacerdote cometa pecados, e graves. Isto, porém, não deve servir de pretexto para que alguém se afaste da prática da religião.

O Sacerdote não é a religião; ele também é homem, e como tal, anda sujeito às misérias humanas. O que hoje é bom, amanhã pode ser mau, e o que ontem era mau, amanhã pode ser bom.

Nossa fé deve basear-se não no homem, mas em Deus, verdade imutável; ela deve ser firme e inquebrantável, sem atender ao que dizem ou fazem nossos iguais.

Os maus Sacerdotes causam grande mal à religião, porquanto seu desprestígio redunda em desprestígio da mesma religião. Daqui o publicarem os inimigos da religião as faltas dos Sacerdotes (que as mais das vezes são inverídicas), não porque odeiam os vícios de que os acusam (porquanto eles mesmos possuem tais vícios e outros piores), mas porque odeiam uma religião tão pura e tão santa que reprova toda a iniquidade de que estão cheios seus corações.

Pecam gravemente os que injuriam e desprezam os Sacerdotes, porque injuriam e desprezam o mesmo Jesus Cristo, que disse aos Apóstolos: “Quem vos despreza, a Mim despreza“.

Quem for conhecedor de alguma falta grave de algum Sacerdote, procure cientificar o próprio Bispo, para que tome as providências que julgar mais oportunas.

 

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Dignidade do Sacerdote e o respeito que merece

  1. Há casos que nem o bispo presta. O código de direito canônico diz que o leigo pode e deve corrigir o sacerdote. Mas hoje a coisa está tão absurda que eu prefiro consultar um leigo, como vc por exemplo, a um sacerdote.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s