Comunhão frequente e diária

É cousa muito boa comungar com a maior frequência possível, sempre que se faça com as devidas disposições.

Comungar é o ato mais sublime de nossa vida, porque a Comunhão torna-nos uma mesma cousa com Jesus Cristo.

Sendo Deus infinitamente sábio, rico, bom e poderoso, não sabe, não tem, nem pode dar-nos cousa melhor do que a sagrada Comunhão.

Jesus manifestou o amor infinito que nos tem, dando-nos a Si mesmo para alimento de nossa alma.

Ele deseja que o recebamos com frequência na Sagrada Comunhão.

Missa segundo o rito bracarense

Por isso, a instituiu sob as espécies de pão e de vinho, para indicar-nos que sendo este o alimento mais usado para a conservação da vida corporal, assim a Sagrada Comunhão deve sê-lo para a conservação da vida espiritual.

A Igreja deseja que todos os fiéis ouçam Missa e comunguem diariamente.

Isto praticavam os primeiros cristãos e também fazem o mesmo, atualmente, os cristãos fervorosos.

Oxalá, que assim todos fizessem!

Procuram alguns excusar-se de não comungar a miúdo, dizendo que não são dignos de comungar com tanta frequência.

A única indignidade, porém, que impede a Comunhão é estar em pecado mortal: aquele que se achar em tal estado procure sair dele quanto antes e comungue.

Outros alegam que há obrigação de comungar só uma vez por ano.

Devem, porém, considerar que para a vida corporal não nos contentamos com o estritamente necessário, por exemplo: ter apenas arroz e feijão para comer, um quarto para dormir, etc.

Procuramos muitas outras cousas, que poderíamos passar sem elas, mas que a nossa vida seria muito pouco agradável.

com maior razão, não devemos contentar-nos com o estritamente necessário para a vida da alma, porquanto, vale ela incomparavelmente mais do que a do corpo.

Palavras do Concílio Tridentino sobre a Comunhão frequente:

O Santo Concílio desejaria muito que, em cada Missa, comungassem os fiéis presentes, não só espiritual, mas também sacramentalmente“.

Nosso Senhor Jesus Cristo, a Santa Igreja, nosso próprio interesse nos estimulam à Comunhão frequente e até diária.

Quem comunga amiúde aufere muitas e valiosas vantagens.

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s