Primeira Disposição

Está em graça de Deus aquele que não tem pecado mortal, nem original.

Aquele que comungasse em pecado mortal cometeria um horrível sacrilégio.

Quem tiver cometido um pecado mortal, deve confessar-se antes de comungar.

Não basta colocar-se em graça de Deus por meio de um ato de contrição perfeita, mas é necessário confessar-se, antes de comungar.

A Santa Igreja assim o ordena para maior reverência e respeito a tão grande sacramento.

Para se receber os outros sacramentos de vivos é suficiente um ato de contrição perfeita, embora seja mais seguro confessar-se.

Quem depois de se haver confessado bem, recordasse algum pecado grave que, por esquecimento, não tivesse acusado, pode comungar; não é necessário que se confesse de novo antes de comungar.

Deve, porém, confessar o pecado esquecido, na primeira confissão que fizer.

Não é necessário confessar-se cada vez que se deseje comungar.

Para poder comungar, é necessário confessar-se somente no caso em que depois da última confissão se tiver cometido algum pecado mortal.

Estando em graça de Deus, pode-se comungar sempre que se queira, mesmo todos os dias.

Contudo, é piedoso costume, confessar-se cada oito ou quinze dias, ou cada mês, de acordo com o conselho do confessor.

Quem só tiver pecados veniais pode comungar sem confessar-se, pois está em graça de Deus.

Convém, não obstante, que antes de comungar, purifique bem a própria alma, com atos de contrição.

Mesmo tendo passado alguns dias sem comungar, pode um comungar de novo sem se confessar.

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s