Modo prático de confessar-se

O penitente ajoelhando-se, diz: Abençoai-me Padre, porque pequei. Faz o sinal da Cruz e logo: Eu pecador me confesso a Deus Todo poderoso, à Bemaventurada sempre Virgem Maria, a todos  os Santos e a Vós, Padre, porque pequei.

Confessei-me, em tal tempo, pela graça de Deus recebi a absolvição, cumpri a penitência, comunguei, etc.; e acusa os pecados.

Terminada a acusação dos pecados cometidos desde a última confissão, e também os que tivesse por esquecimento deixado de acusar na última confissão, o penitente diz: acuso-me também de todos os pecados de minha vida passada, especialmente contra tal mandamento ou virtude; p. ex.; contra o quarto mandamento, ou contra a pureza, etc.

De todos estes pecados e dos outros que não recordo, peço perdão a Deus de todo coração e a vós, meu Padre espiritual, a penitência e a absolvição.

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s