Jejum

A lei do jejum eclesiástico consiste em tomar uma só refeição por dia.

O modo. – Esta refeição única pode ser feita pelo meio dia ou à tardinha. Nela, não é proibido comer carne e peixe. Quando se fizer pelo meio dia, esta refeição, a Igreja autoriza, à tardinha, uma leve consoada. Esta consoada não deve ser uma ceia completa: a carne é proibida. Só legumes, ovos, frutas, manteiga, leite, e até peixe, segundo o costume da região. Também de manhã, é permitido tomar chá, café, e até chocolate com pão, contanto que não se passe de 60 gramas. Às vezes dá-se a esta refeiçãozinha o nome “frústulum” de um vocábulo latino que significa “pedaço pequeno”.

 

É fórmula aceita: “O líquido não quebra o jejum”. Portanto, é lícito tomar,fora da refeição principal e da consoada, para se dessedentar, tudo o que é bebida: água, limonada, cerveja, vinho, café, etc., mas não leite, nem caldo de carne.

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s