A Igreja Católica

A Igreja é a sociedade dos fiéis, cujo chefe supremo é o Papa.

Para pertencer à Igreja católica é necessário:

1º Ser batizado.

2º Crer todas as verdades da fé.

3º Reconhecer o Papa como chefe supremo da Igreja.

4º Não estar excomungado.

Não pertencem à Igreja católica:

Os infiéis, herejes, cismáticos, apóstatas e excomungados.

Infiel é aquele que não está batizado.

Infiéis islâmicos na India

Hereje é o cristão que nega com pertinácia alguma verdade da fé.

pastor da heresia protestante

Cismático é o cristão que não reconhece o Papa como chefe da Igreja.

Alexis II, falecido patriarca cismático das Rússias

 

Apóstata é o que nega, com ato externo, a fé católica, que antes professava. 

 


 

Juliano, o Apóstata. Imperador romano que após o batismo regressou aos ídolos

Excomungado é o cristão que a Igreja privou dos bens espirituais comuns a todos os fiéis.

Médico excomungado por ter realizado o vil pecado do aborto.

O pecado, si por ele não se incorre na excomunhão, não impede de pertencer à Igreja.

Sobre Bruno Luís Santana

Ego Catolicus Romanus sum.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para A Igreja Católica

  1. vans disse:

    pois eh…achei que na biblia que os catolicos leem, estivesse escrito, “amar ao Senhor Deus acima de todos”…que Jesus é o unico caminho e o unico que pode interceder por alguem junto a Deus… que nao devemos fazer imagens para culto.. que santos sao todos que buscam a santificação, e que sem ela ninguem ve a Deus ou entra nos ceus…. e que se nao se aceita a Jesus Cristo como unico e suficiente salvador, nao se tem a salvação…
    acho que posso continuar protenstante… eh uma questao de leitura biblica mesmo….

    • A Bíblia que o senhor lê agora, apesar dos livros retirados pelos seus parceiros protestantes que se basearam nos judeus de Jerusalém, só chegou às suas mãos porque no passado a Igreja mesma, baseada na Tradição, separou o que era divinamente admitido como inspirado do que era falso, ou a Bíblia de hoje que os protestantes se julgam iluminados pelo Espírito Santo para interpretar, estaria repleta de textos gnósticos e historietas misturadas aos textos verdadeiros. Vocês, protestantes, não entendem de coisa alguma, seguem o princípio luterano de independência, e soberbamente crêem que o Espírito Santo fica de plantão aguardando que o crente leia, para dar-lhe a legítima interpretação bíblica.
      Quantos são os que crêem nesta loucura? Quantas igrejas protestantes com o mesmo princípio existem? Todas dizem a mesma coisa: que não precisam de igreja, nem de ninguém, que basta ler a Bíblia e Deus ilumina. E cada uma prega diferente da outra, como se Deus tivesse uma verdade para cada um.
      Ao invés de repetir estas eternas lamúrias, porque não procura pela própria internet as respostas católicas acerca
      – da intercessão dos santos
      – das imagens e seu uso
      – sobre Cristo ser o único Mediador entre Deus e os homens
      … E outras dúvidas mais. Se é que são dúvidas, mesmo. Alguns protestantes fingem serem abertos a conversar, mas por dentro estão tão decididos a nada ouvir além de seus achismos, estão tão decididos a não permitir que abalem a igreja católica inventada na cabeça deles – e que não é a Igreja Católica real – que antes de ouvir os argumentos, já sabem que não vai adiantar, porque NÃO QUEREM saber.

      Nenhuma forma de protestantismo é agradável a Deus, pois protestantismo é rebelião. Além disso, Nosso Senhor Jesus Cristo prometeu edificar a SUA IGREJA (no sinônimo, porque só existe uma verdade e um rebanho) e que a assistiria daquele momento para sempre. Dizer que qualquer seita protestante é a verdadeira é dizer que Cristo tirou férias por mais de 1500 anos e só passou a levar a sério sua promessa a partir de Lutero, PORQUE ANTES DE LUTERO VOCÊS NÃO EXISTIAM.
      E mesmo os hereges anteriores ao protestantismo nasceram católicos e só depois, seduzidos pelo diabo, acharam-se bons demais para serem católicos, e julgaram-se profetas de Deus, as palmatórias do mundo, as últimas bolachas do pacote, e deixaram a Igreja Católica para fundar seitas ilegítimas, assim como os maridos infiéis deixavam as esposas legítimas para terem filhos bastardos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s